27/12/2009

Esperança


Lá no alto do décimo segundo andar do Anovive uma louca chamada Esperança. 
Ela pensa... "quando todas as sirenes... todas as buzinas... todos os reco-recos tocarem vou atirar-me... "
— Oh! Delicioso voo! 

E ela será encontrada miraculosamente incólume na calçada.
Outra vez criança... 
Em torno dela, indagará o povo: 
— Como é teu nome, meninazinha de olhos verdes? 
E ela lhes dirá (é preciso dizer-lhes tudo de novo!), ela lhes dirá bem devagarinho, para que ninguém esqueça:
— O meu nome é ES-PE-RAN-ÇA...

Adaptação do texto de Mário Quintana

Feliz Ano Novo para todos !!!!

Que nossa louca esperança
nunca nos abandone...
que ela sempre ressurja, incólume,
após cada metamorfose 
sofrida
no décimo-segundo mês do ano.

Cristina e Márcia



23/12/2009

14/12/2009

Com o tempo você aprende...



(...) e descobre que as pessoas com quem você mais se importa na vida são tomadas de você muito depressa, por isso sempre devemos deixar as pessoas que amamos com palavras amorosas, pode ser a última vez que as vejamos. Aprende que as circunstâncias e os ambientes tem influência sobre nós, mas nós somos responsáveis por nós mesmos. Começa a aprender que não se deve comparar com os outros, mas com o melhor que pode ser. Descobre que se leva muito tempo para se tornar a pessoa que quer ser, e que o tempo é curto. Aprende que não importa onde já chegou, mas onde está indo, mas se você não sabe para onde está indo, qualquer lugar serve. Aprende que, ou você controla seus atos ou eles o controlarão, e que ser flexível não significa ser fraco ou não ter personalidade, pois não importa quão delicada e frágil seja uma situação, sempre existem dois lados (...)

Willian Shakespeare

07/12/2009

Não Te Amo Mais

Essa poesia da Clarice Lispector é fantástica: possui um sentido se lida de forma convencional, e o sentido muda totalmente se lida de trás para a frente. Mergulhe nesse devaneio...


Não te amo mais.
Estarei mentindo dizendo que
Ainda te quero como sempre quis.
Tenho certeza que
Nada foi em vão.
Sinto dentro de mim que
Você não significa nada.
Não poderia dizer jamais que
Alimento um grande amor.
Sinto cada vez mais que
Já te esqueci!
E jamais usarei a frase
Eu te amo!
Sinto, mas tenho que dizer a verdade
É tarde demais...


01/12/2009

Anjos e Demônios


"Sempre desprezei as coisas mornas, as coisas que não provocam ódio nem paixão, as coisas definidas como mais ou menos, um filme mais ou menos, um livro mais ou menos.
Viver tem que ser perturbador, é preciso que nossos anjos e demônios sejam despertados, e com eles sua raiva, seu orgulho, seu asco, sua adoração ou seu desprezo.
O que não faz você mover um músculo, o que não faz você estremecer, suar, desatinar, não merece fazer parte da sua biografia."

(trecho de “O Divã”)
Martha Medeiros

Tentamos sempre colocar os devidos créditos para as imagens. Caso alguma esteja protegida pela lei de direitos autorais, entre em contato conosco que retiraremos em seguida.

"Vivo nas estrelas porque é lá que brilha minha alma." (Manoel Bandeira).

"Sinto-me nascido a cada momento para a eterna novidade que é o mundo...." Fernando Pessoa

"A Alma não tem segredo que o comportamento não revele!" 
Lao-Tsé